UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Avaliação dos hábitos de higiene bucal em portadores de prótese total associados à prevalência de lesões bucais

Aline Serrado de Pinho Barcellos, Estevão Tomomitsu Kimpara, Júlio César Brigolini de Faria, Jaiane Bandoli Monteiro, Ronaldo Luís de Almeida Carvalho

Resumo


A reabilitação oral com prótese total removível (PTR) visa à devolução de estética e função aos pacientes desdentados, apesar de ser considerada facilitadora de várias patologias bucais. Assim, o objetivo deste estudo foi conhecer os hábitos de higiene bucal dos usuários de PTR, o estado de conservação associado à presença de lesões bucais e o recebimento de orientação profissional. Sessenta usuários de PTR foram entrevistados e suas próteses avaliadas quanto à higiene, conservação e saúde bucal. Observou-se que 96,7% dos pesquisados não receberam orientação profissional, o método mecânico foi o mais utilizado para higienização e realizado três vezes ao dia (36,7%). A higiene das PTR apresentou-se moderada e as características funcionais estavam insatisfatórias. A queilite angular não teve significância estatística, quando associada ao nível de higiene. A ausência de retenção e estabilidade estática associou com as lesões no maxilar inferior (p=0,02). As características deficientes das PTR representam uma tendência para a ocorrência de lesões bucais e os participantes, apesar da higiene frequente, não conheciam a forma correta de higienização e não receberam orientação que a PTR poderia causar lesões bucais.


Palavras-chave


Prótese total. Patologia bucal. Higiene bucal.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA JUNIOR A. A. et al. Avaliação de hábitos de higiene bucal em portadores de próteses removíveis da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Sergipe. Comunicação em Ciências da Saúde, v. 17, n. 4, p. 283-289, out.-dez. 2006.

CARVALHO DE OLIVEIRA, T. R.; FRIGERIO, M. L. M. A.; YAMADA, M. C. M. Avaliação da estomatite protética em portadores de próteses totais. Pesquisa Odontológica Brasileira, Uberlândia, v. 14, n. 3, p. 219-224, jul.-set. 2000.

COELHO, C. M. P.; SOUZA, Y. T. C. S.; DARÉ, A. M. Z. Denture-related oral mucosal lesions in a Brazilian school of dentistry. Journal of Oral Rehabilitation, Ribeirão Preto, v. 31, n. 2, p. 135-139, fev. 2004.

ERCALIK-YALCINKAYA, S.; ÖZCA, M. Association between oral mucosal lesions and hygiene habits in a population of removable prosthesis wearers. Journal of Prosthodontics, Istanbul, v. 24, n. 4, p. 271-278, 2015.

FRANÇA, B. H. S.; SOUZA, A. M. Prevalência de manifestações estomatológicas originárias do uso de próteses totais. Jornal Brasileiro de Clínica Odontológica Integrada, Curitiba, v. 7, n. 40, p. 296-300, jul.-ago. 2003.

GENDREAU, L.; LOEWY, Z. G. Epidemiology and etiology of denture stomatitis. Journal of Prosthodontics, Parsippany, v. 20, n. 4, p. 251-260, jun. 2011.

GONÇALVES, L. F. F. et al. Higienização de próteses totais e parciais removíveis. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, Paraíba, v. 15, n. 1, p. 87-94, 2011.

HARISON, Z.; JONHSON, A.; DOUGLAS, C. W. I. An in vitro study into the effect of a limited range of denture cleaners on surface roughness and removal of Candida albicans from conventional heat-cured acrylic resin denture base material. Journal of Oral Rehabilitation, v. 31, n. 5, p. 460-467, 2004.

KANLI, A.; DEMIREL, F.; SEZGIN, Y. Oral candidosis, denture cleanliness and hygiene habits in an elderly population. Aging Clinical and Experimental Research, v. 17, n. 6, p. 502-507, dez. 2005.

MINISTÉRIO DA SAÚDE (Brasil). SB Brasil Pesquisa Nacional de Saúde Bucal 2010: Resultados Principais. Brasília, 2011. Disponível em: http://www.dab.saude.gov.br/CNSB/sbbrasil/. Acesso em: 12 dez. 2015.

RATHEE, M.; HOODA, A.; GHALAUT, P. Denture hygiene in geriatric persons. The Internet Journal of Geriatrics and Gerontology, v. 6, n. 1, p. 1-5, ago. 2010.

SAHA, A. et al. A survey assessing modes of maintaining denture hygiene among elderly patients. Journal of International Society of Preventive & Community Dentistry, Sakri, v. 4, n. 3, p.145-148, set.-dez. 2014.

SILVA, R. J.; SEIXAS, Z. A. Materiais e métodos de higienização para próteses removíveis. International Journal of Dentistry, Recife, v. 7, p. 125-132, abr.-jun. 2008.

VASCONCELOS FILHO J. O. et al. A saúde bucal na percepção dos idosos de uma instituição de longa permanência. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, Passo Fundo, v. 7, n. 3, p. 427-435, set.-dez. 2010.

VASCONCELOS, R. G. et al. A importância da orientação adequada relacionada à higienização oral em pacientes reabilitados com próteses dentárias: revisão de literatura. Odontologia Clínica Científica, Recife, p. 523-527, out.-dez., 2011.

ZENTHÖFER, A. et al. Improving oral hygiene in the long-term care of the elderly - a RCT. Community Dentistry and Oral Epidemiology, Heidelberg, v. 41, n. 3, p. 261-268, jun. 2013.


Universidade Federal de Juiz de Fora